A Física do Filme Interestelar

A física de Interestelar- A analogia do Prof Dan Burns para entender a atração gravitacional devido a  curvatura que os corpos provocam no espaço tempo.

Trailer de Interestelar de Christopher Nolan com consultoria do Físico Kip Thorne.

Veja o que o físico Kip Thorne tem a dizer sobre Interestelar no artigo da revista Galileu:
http://revistagalileu.globo.com/Ciencia/noticia/2014/11/veja-o-que-o-fisico-kip-thorne-tem-dizer-sobre-interestelar.html

Dicas de Leituras do prof.  Flávio Milton de Campos Jr.

Esta pequena galáxia é conhecida como NGC 4526

http://www.spacetelescope.org/images/potw1442a/

Esta pequena galáxia é conhecida como NGC 4526. As suas faixas escuras de poeira e brilhante brilho difuso faz a galáxia aparecer pendurar como um halo no vazio do espaço nesta nova imagem do Telescópio Espacial Hubble da NASA / ESA.
Embora esta imagem apresente um ar de serenidade, a galáxia é uma das mais brilhantes da categoria das espirais e elípticas. Nela já ocorreram duas explosões de supernovas conhecidas, uma em 1969 e outra em 1994, e é conhecida também por ter um buraco negro colossal supermassivo em seu centro  que tem a massa equivalente a 450 milhões de sóis.
NGC 4526 é parte do aglomerado de galáxias de Virgem. Observações terrestres de galáxias no aglomerado têm revelado que um quarto dessas galáxias parecem ter discos de gás em rápida rotação  em seus centros. A mais espetacular delas é esta galáxia, NGC 4526,
Este disco se move incrivelmente rápido, girando a mais de 250 quilômetros por segundo. A dinâmica desta região girando rapidamente foram realmente utilizados para inferir a massa do buraco negro central NGC 4526 de – uma técnica que não tinha sido usado antes para restringir buraco negro central de uma galáxia.

Esta imagem foi tomada usando Wide Field Planetary Camera 2 do Hubble.
Crédito:

ESA / Hubble & NASA

Agradecimento: Judy Schmidt

Uso do App Sky Guide no estudo da Gravitação Universal

Alunos do 3o. ano de humanas iniciaram o estudo das Leis de Kepler e da Lei da gravitação universal de Newton com o uso do app Sky Guide que funcionou como um planetário. Essa atividade foi coroada com o anuncio da Nasa sobre a descoberta do Planeta Kepler 186f, um planeta que pode abrigar vida fora do nosso sistema solar.imagem-kepler

Veja a reportagem:

http://super.abril.com.br/blogs/supernovas/2014/04/17/nasa-anuncia-que-kepler-186f-novo-planeta-descoberto-pode-abrigar-vida/

Visto da Terra, Vênus passará em frente ao Sol

 

Visto da Terra, Vênus passará em frente ao Sol. E o fenômeno não voltará a se repetir até o ano de 2117.

 

O alinhamento de Vênus,Sol e Terra ocorrerá entre os dias 5 e 6 de Junho quando o planeta Vênus passar entre a Terra e o Sol. Mas CUIDADO! As pessoas não devem olhar diretamente para o Sol, já que isto pode causar danos à retina e lesões no olho . As pessoas podem usar um telescópio para projetar a imagem do sol dentro de uma caixa como é feito na observação de manchas solares, como mostra a seguinte foto:

 

 

 

 

 

http://www.apolo11.com/spacenews.php?titulo=Mancha_solar_surge_cresce_e_anima_os_pesquisadores&posic=dat_20090602-093216.inc (consultado em 02/06/2012)

O fenômeno não voltará a se repetir até o ano de 2117. O mesmo evento já foi registrado em 1639; 1761e 1769; 1874 e 1882 e 2004. Atualmente, está gerando grande expectativa, pois  o trânsito de Vênus é algo extremamente raro, ocorrendo em pares separados por 8 anos a cada 105 anos.
O fenômeno é importante para que os cientistas possam calibrar seus instrumentos e melhorar a precisão das medidas da distância da Terra ao Sol e calcular o tamanho de nosso sistema solar, nos ajudando  na procura por planetas extra-solares com atmosferas.
O Observatório Solar dos EUA (NSO) exibirá, em seu site, imagens em tempo real, e a Nasa disponibilizará imagens da Estação Espacial Internacional(ISS) e do telescópio espacial Hubble.

Flávio Milton de Campos Jr.

Dados sobre os Planetas Vênus e Terra:

Vênus:

Distância média ao Sol: 1.082 x 108 km
Velocidade média orbital : 35.0 km/s
Período orbital : 224.70 dias ≈7,5 meses≈0,615ano terrestre
Período de rotação : 243.01 dias
Diâmetro equatorial : 12104 Km = 94.9% do diâmetro da Terra
Massa : 4.869 x 1024 Kg = 81.5% da massa da Terra
Densidade média : 5243 Kg/m3
Velocidade de escape : 10.4 km/s
Gravidade à superfície (Terra = 1) : 0.91
Temperatura média à superfície : 460ºC = 733K

http://cftc.cii.fc.ul.pt/PRISMA/capitulos/capitulo1/modulo6/venus.html

Terra:

Distância média ao Sol: 1.496 x 108 km
Velocidade média orbital : 29.79 km/s
Período orbital : 365.256 dias
Período de rotação : 23.9345 horas
Diâmetro equatorial : 12756 Km
Massa : 5.974 x 1024 Kg
Densidade média : 5515 Kg/m3
Velocidade de escape : 11.2 km/s
Temperatura média à superfície : 9ºC = 282 K

http://cftc.cii.fc.ul.pt/PRISMA/capitulos/capitulo1/modulo6/terra.html

Fonte:  Terra
01 de junho de 2012 • 14h13

Noticia:Terra Noticias
http://noticias.terra.com.br/ciencia/noticias/0,,OI5808314-EI301,00-Nasa+se+prepara+para+imortalizar+ultima+passagem+de+Venus+pelo+Sol+ate.html
( consultado 2/6/2012)
video:Terra TV
http://terratv.terra.com.br/Noticias/Ciencia-e-Tecnologia/4195-418212/Venus-passara-pelo-Sol-entre-os-dias-5-e-6-de-junho.htm