Band presente em mais uma edição do Masterclass

Pelo sétimo ano consecutivo, o Band participou do Masterclass, evento internacional que conta com a participação de escolas do mundo todo, onde os alunos têm um dia inteiro para aprender e discutir a Física de partículas.
masterclass_2017

Sendo a maioria do 3.o ano do Ensino Médio, os estudantes participaram de palestras sobre o assunto, fizeram uma videoconferência com pesquisadores do CERN (Organização Europeia para Pesquisa Nuclear), que responderam perguntas a respeito de suas pesquisas e a Física de partículas. O evento aconteceu no IFT (Instituto de Física Teórica da UNESP).

Participaram da videoconferência não só escolas de São Paulo, como também de Lyon (França), Debrecen (Hungria), Palaiseau (França) e Osijek (Croácia).

Após a videoconferência, os alunos fizeram uma visita virtual ao LHC e, em seguida, iniciaram a análise de dados reais coletados no Laboratório.

Foi realizada ainda uma exposição com inúmeros experimentos de Física e uma visita a “nuvem” da UNESP, o centro de computação utilizado pelos pesquisadores para suas simulações.

“Eventos como esse são muito importantes para que os alunos interessados estejam em contato com a Física moderna. Além disso, gostaria de ressaltar a excelente preparação que o professor Alexandre Magno oferece aos alunos que desejam comparecer ao Masterclass. ”, comentou o professor de Física que acompanhou os alunos no evento, Gabriel Steinicke.

“Posso dizer que a experiência no Masterclass foi única e engrandecedora. Dentre todas as atividades que participamos, o que mais me chamou atenção foi o tour via videoconferência que fizemos para conhecer o CERN e toda infraestrutura que a organização apresenta.  “, finalizou o aluno Gabriel Paganini.

A Física do Filme Interestelar

A física de Interestelar- A analogia do Prof Dan Burns para entender a atração gravitacional devido a  curvatura que os corpos provocam no espaço tempo.

Trailer de Interestelar de Christopher Nolan com consultoria do Físico Kip Thorne.

Veja o que o físico Kip Thorne tem a dizer sobre Interestelar no artigo da revista Galileu:
http://revistagalileu.globo.com/Ciencia/noticia/2014/11/veja-o-que-o-fisico-kip-thorne-tem-dizer-sobre-interestelar.html

Dicas de Leituras do prof.  Flávio Milton de Campos Jr.

Band é sede do II Encontro de Física de Partículas

Foi realizado em outubro no Band o II Encontro de Física de Partículas do Ensino Médio. O evento foi inspirado no Masterclass, que conta com a participação do professor de Física Alexandre Magno. O objetivo do Encontro foi ampliar a quantidade de alunos que realizam atividades sobre Física de Partículas.

particulas_1

O evento foi desenvolvido em parceria com o Instituto de Física Teórica (IFT), a Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear (CERN) e a Universidade Federal do ABC. Estiveram também presentes estudantes do Colégio Vera Cruz, Miguel de Cervantes e Oswald de Andrade.

particulas_2

Dentre as atividades do dia, se destacaram a palestra com a Dra. Patrícia Camargo Magalhães (USP), a vídeoconferência com o CERN, a análise dos dados do CERN, orientada pelo professor da UFABC Pedro Galli Mercadante, e a construção de sete câmaras de nuvens com visualização de rastros de raios cósmicos.

particulas_3

“Foi uma oportunidade ótima porque mais alunos puderam participar e discutir sobre um assunto e atual”, comentou o Prof. Magno.

O aluno Júlio Soler, da 3.a série, participou tanto do MasterClass quanto do Encontro de Física de Partículas. “Essas conferências são necessárias para que os alunos desenvolvam um interesse maior por uma parte da física tão diferente daquela estudada em sala de aula”, comentou.

Esta pequena galáxia é conhecida como NGC 4526

http://www.spacetelescope.org/images/potw1442a/

Esta pequena galáxia é conhecida como NGC 4526. As suas faixas escuras de poeira e brilhante brilho difuso faz a galáxia aparecer pendurar como um halo no vazio do espaço nesta nova imagem do Telescópio Espacial Hubble da NASA / ESA.
Embora esta imagem apresente um ar de serenidade, a galáxia é uma das mais brilhantes da categoria das espirais e elípticas. Nela já ocorreram duas explosões de supernovas conhecidas, uma em 1969 e outra em 1994, e é conhecida também por ter um buraco negro colossal supermassivo em seu centro  que tem a massa equivalente a 450 milhões de sóis.
NGC 4526 é parte do aglomerado de galáxias de Virgem. Observações terrestres de galáxias no aglomerado têm revelado que um quarto dessas galáxias parecem ter discos de gás em rápida rotação  em seus centros. A mais espetacular delas é esta galáxia, NGC 4526,
Este disco se move incrivelmente rápido, girando a mais de 250 quilômetros por segundo. A dinâmica desta região girando rapidamente foram realmente utilizados para inferir a massa do buraco negro central NGC 4526 de – uma técnica que não tinha sido usado antes para restringir buraco negro central de uma galáxia.

Esta imagem foi tomada usando Wide Field Planetary Camera 2 do Hubble.
Crédito:

ESA / Hubble & NASA

Agradecimento: Judy Schmidt